sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Está perto, é questão de tempo, de limpeza, de retorno à unidade e comunhão com o Espírito Santo.
   
   Há cerca de 6 anos atrás, eu tive um sonho... Onde eu via de longe meus pais indo embora, de mãos dadas, e eu gritava para eles me esperar, mais eles não meu ouvia... 
   Olhei para os lados, e me vi numa imensidão arenosa, pura areia, sem vida alguma, do tamanho dumas 5 quadras... e de repente motoqueiros, de preto me cercavam, tocando terror, pra não deixar eu prosseguir...
   Ai voltei pra trás, voltei para o vale de Cianorte, e no meio daquele vale, úmido... e ali, olhando ao redor, vi flores rochas gigantes, num diametro de 2 metros de largura, com caules de 10 cm de grossura, coisa que não existe...
   E há 2 meses, durante uma reunião de oração, na célula, eu me vi colhendo aquelas flores...


   Agradeço a Deus, por todas as coisas, que cooperam para o bem daqueles que amam a Deus - Rm. 8.28
  Embora no momento de provação e luta, não seja nada agradável... Aquele que conhece a Deus, não volta atras graças a Deus por nos manter assim...


Porque os escolhidos de Deus, são provados, testados para serem aprovados, para o Grande Chamado...

E eu não sei se me encaixo como José do Egito, como Jó, como Abraão, como Pedro...
 As vezes sinto que passo por cada mau pedaço que cada um dos grandes homens de Deus passaram...
E não há como fugir...
 Se subo aos céus, lá o Senhor está... se desço no mais profundo do abismo, lá Ele está também - Sl. 139.8
Na verdade acho que estou como o Jonas, querendo fugir do IDE neste exato momento...
 Marcos 16.15.